+55 21 967 648 998
+55 21 967 648 998

Uma visita ao Museu Imperial Petrópolis

Hoje Nesse artigo eu vou te contar sobre a história importância do Museu Imperial de Petrópolis em 1822 Dom Pedro primeiro estava buscando apoio para a independência do Brasil ele estava indo para Minas Gerais quando chegou na região que hoje em dia Petrópolis ficou Encantado com a natureza da Mata Atlântica e o clima que era diferente do Rio de Janeiro um pouco mais Ameno e agradável principalmente no verão comprou uma fazenda chamada fazenda do Córrego seco já pensando em transformar lá em um Palácio o palácio da Concórdia Dom Pedro primeiro voltou a Portugal e deixou o terreno para seu filho Dom Pedro Segundo que construiu a sua casa de Veraneio que hoje em dia é o Museu Imperial ponto antes de construir o Imperador criou Petrópolis ou cidade de Pedro foram trazidos muitos imigrantes europeus especialmente alemães para a construção da cidade e colonizar aquela área o prédio é neoclássico e foi projetado pelo Major Julius Friedrich Crowley mas outros Arquitetos fizeram modificações na estrutura posteriormente

O prédio que pertenceu a família real e foi habitado por figuras como Tereza Cristina Princesa Leopoldina e Princesa Isabel foi também alugado e depois transformado no Colégio São Vicente de Paulo hoje em dia ele é um Museu Imperial contando com quase 300 mil itens referentes ao período imperial

Para entrar no museu é necessário usar pantufas para preservar o piso o espaço é muito bem cuidado e os jardins são encantadores

Você vai encontrar itens de cerâmica religiosos de uso cotidiano documentos e até mesmo a coroa brasileira

Recomendamos o passeio da s2g a Petrópolis nele você vai conhecer não só o Museu Imperial mas outros pontos importantíssimos da cidade como a Casa de Santos Dumont a Catedral de São Pedro de Alcântara o palácio Quitandinha que já foi o maior Cassino da América Latina o Palácio de Cristal Relógio das Flores além de uma parada na fábrica de chocolate patrone há também a possibilidade de pagar por um almoço Buffet Livre e uma visita na fábrica da Bohemia tudo isso acompanhado de um guia e com transporte bem confortável com ar condicionado saindo do Rio de Janeiro as entradas são inclusas para o Museu Imperial vale muito a pena