+55 21 967 648 998
+55 21 967 648 998

7 dicas de oque fazer em Petrópolis

Nesse artigo você vai conhecer 7 pontos imperdíveis da cidade imperial de Petrópolis. São eles:

 
Caso queira um passeio guiado para conhecer a fundo a história da cidade imperial, o passeio para Petrópolis da S2RIO dá conta do recado :] Mais informações aqui.

Petrópolis é uma cidade tomada por construções históricas. Palácios, igrejas e casas, onde o público pode entrar, trazem histórias de outros tempos, principalmente da época imperial. Com clima agradável, a cidade imperial seduz a todos com sua arquitetura, charme e elegância.

Museu Imperial

O museu Imperial é certamente o museu mais conhecido do Brasil. Ele tem um enorme jardim e uma fachada que chama a atenção rapidamente na parte exterior do palácio. Por dentro o visitante fica impressionado com as dimensões dos comodos e salões. Há mais de 7800 itens dos séculos XVIII e XIX no museu, relativos a época imperial. Você vai encontrar joias, roupas, porcelanato, móveis, escultura e a coroa original do imperador Dom Pedro II. O pisos de pedras nobres, candelabros e estuques são preservados até hoje.

O Museu é o antigo Palácio de Verão de Dom Pedro II. É um ponto indispensável para quem vai a cidade imperial, uma verdadeira viagem no tempo.

Palácio Quitandinha

O Palácio foi construído para ser o maior cassino da América Latina. Ele precede inclusive grandes cassinos dos EUA. Contruido pelo empresário Joaquim Rola, o edifício teve um memorável período de glamour e fama, quando os jogos ainda eram permitidos, e artistas do mundo inteiro visitavam o local. Caso queira conhecer mais dessa história, visite esse link aqui.

Palácio de Cristal

A pré-moldura do palácio foi feita em ferro fundido vinda da frança pelo Conde D’Eu. O edifício foi montado pelo engenheiro Eduardo Bonjean. A estrutura foi inspirada no Palácio de Cristal de Londres e do Porto. Em uma bela festa em 1888 com a presença da Princesa Isabel, foram libertos os últimos escravos. A exposições de eventos no local hoje em dia.

Casa de Santos Dumont

Em uma pitoresca casa em uma ladeira da cidade, morava Santos Dumont. O genial inventor foi convidado pela própria princesa Isabel para morar na cidade. Há um observatório muito interessante no terceiro andar da residência. A casa foi feita sob medida para Dumont. Nela você vai encontrar aspectos inusitados, como uma escada onde você só pode botar um pé por degrau.

Relógio das flores

O Relógio das Flores fica em frente a Universidade Católica de Petrópolis. Inaugurado em 1972, o prédio sediou o Palace Hotel, no século XIX. Era frequentado por Pedro II e recebeu Santos Dumont. Trata-se de um relógio eletrônico decorado com flores da estação.

Catedral de São Pedro de Alcântara

Típico do gótico francês e alemão, a catedral possui torres pontiagudas e janelas em forma de ogivas. Os vitrais trazem imagens de Jesus Cristo, de santos e da Sagrada Família. Possui 22 metros de largura e 70 metros de comprimento. São Pedro de Alcântara é padroeiro de Petrópolis.

A Via Crucis é de gesso patinado francês. Há uma imagem de São Pedro de Alcântara em mármore de Carrara. Lá estão o mausoléu com as lápides do imperador Dom Pedro II, Dona Teresa Cristina, Princesa Isabel e seu marido, Conde d’Eu. Há esculturas deles em tamanho natural.

Fábrica de Chocolate

Na Rua da Lapa 6-12, Rio de Janeiro, a fábrica foi fundada em 1913 por um imigrante português. Em 1945 migrou para Petrópolis, Rua Coronel Veiga n° 1349. Buscava-se um clima mais adequado para a produção dos chocolates e seus derivados.

As atividades na cidade imperial contavam com 145 funcionários. O chocolate vinha da Bahia como cacau bruto, sendo misturado na fábrica com açúcar e leite. O maquinário era importado da Europa. Uma deliciosa parada no passeio, vale a pena! :]