+55 21 967 648 998
+55 21 967 648 998

A famosa Pedra do Telégrafo.

Hoje vou te falar sobre a famosa Pedra do Telégrafo, na zona oeste do Rio de Janeiro.

A pedra do Telégrafo ficou super conhecida por proporcionar uma vista perfeita para fotos. Além do cenário deslumbrante, o ângulo de onde fica pedra dá a sensação de que a pessoa está em um penhasco.  Todos os anos milhares de turistas vão até lá para tirar a famosa foto parecendo que está à beira de um abismo. Ideias criativas para fotos ali não faltam!

 

Foto de Giselle Camargo

 

A pedra do Telégrafo fica bem longe da parte mais turística do Rio de Janeiro. Ela fica bem próxima a Barra de Guaratiba, no extremo oeste da cidade. Até mesmo depois de praias como Recreio, Prainha e Grumari.

 

 

Esse ponto turístico fica em um grande parque chamado Parque Estadual da Pedra Branca. Aliás, é um parque que vale a pena conhecer, pois tem muitos pontos uma natureza exuberante.

 

 

Para chegar lá você pode pegar o metrô até a Barra, um ônibus até Barra de Guaratiba e depois Uber ou então BRT na Barra, depois um ônibus do Recreio até Barra de Guaratiba e o Uber. Ou seja, é um longo caminho é muito complicado de chegar através do transporte público.

Melhor forma de chegar na Pedra do Telégrafo Rio de Janeiro

O mais recomendável é que você faça um passeio como o que a S2Rio oferece (mais informações aqui). Você também pode alugar um carro por um dia ou ir de Uber. A vantagem de alugar um carro é que você pode passar pelas praias da região e ficar mais tempo. A vantagem de fazer o passeio com a agência de turismo é que você não precisa se preocupar com o caminho e vai ter um guia acompanhante, que vai com você até lá, inclusive te guiando pela trilha até pedra.

Outros passeios de aventura no Rio…

Se você gosta de aventura, também indicamos o vôo de Asa Delta em São Conrado, link aqui, e a Pedra da Gávea e Pedra Bonita, clique aqui e aqui.

O que há por perto da Pedra do Telégrafo?

Pontos de interesse como o famoso Almbique MaxiCana (clique aqui), que fornece cachaças que não dão ressaca(!!!), e a praia da Barra (clique aqui), além do museu da CBF, que conta a história da seleção brasileira, clique aqui. Os três estão no passeio Praia, Cachaça e Futebol, link aqui.